20 de jun de 2013

Nova história...

Neymar On

D. Nadine: Meu filho tenho ótimas notícias.
Junior: Que foi dessa vez mãe?
D. Nadine: A Bruna terminou com aquele rapaizinho agora vocês podem ficar juntos. - Falou toda empolgada.
Junior: Tá maluca mãe eu to com a Letícia esqueceu.
D. Nadine: Como poderia, aquela garota insuportável.
Junior: MÃE!! - A Letícia saiu da cozinha.

Neymar Off

Eles olharam pra mim e senti meus olhos enchendo de água mas me segurei e sentei do lado do Junior.

Junior: Não dá moral não amor, minha mãe deve ter pirado, não é mãe? - Falou olhando pra ela.
D. Nadine: Eu não estou muito bem obrigada, mas fazer o que né daqui a pouco vocês terminam e você vai poder ser feliz de novo meu filho. - Aí já é demais.
Let: Olha só D. Nadine, me desculpe se eu não agrado a senhora, mas eu faço seu filho muito feliz e ele ME faz muito feliz, pode ter certeza que eu vou fazer de tudo sempre pra fazer o melhor pra ele. Agora se a senhora prefere ficar implorando migalhas de garotinha mimada que não dá a mínima pra sua família, fique a vontade por que eu não vou mais fazer questão da senhora gostar de mim não, se gosta bem se não passar bem. - Peguei minha bolsa. - Muito boa noite pra senhora. - Sai andando e o Junior veio atrás de mim.
Junior: Espera aí Letícia. - Segurou meu braço já tinha chamado o elevador.
Let: Ai Junior desculpa tá bom mais eu cansei de fazer ela gostar de mim, poxa ela só acaba comigo, pra ela eu sou a ultima menina da face da terra que poderia ficar com você.
Junior: Pois é mais o que importa é o que eu acho e não ela, fica calma por favor. - Ele me abraçou e o elevador chegou.

Fomos para a minha casa e ficamos por lá por um tempo namorando e conversando até que o celular dele toca e eu aproveito pra ir pegar um copo de água.

Let: Quem era?
Junior: O Gustavo chamando pra sair a noite com o bonde, tá afim?
Let: É a melhor pra eu poder espairecer.
Junior: Então já é vou pra casa me arrumar e lá pelas 21h passo aqui.

Nos despedimos e como já era 18h fui começar a me arrumar, coloquei minha roupa


Quando deu 21h meu celular tocou e era ele pedindo pra eu descer, peguei minha bolsa, avisei pro Lucas que ia demorar pra chegar em casa e desci pra portaria encontrando meu gato todo lindo e cheiroso encostado na porta do carro com um buquê de flores na mão.

Let: O que é isso amor? - Falei dando um selinho nele.
Junior: São pra você pra te alegrar um pouco mais. - Peguei as flores e elas eram incrivelmente cheirosas.
Let: Adorei amor, obrigada mesmo. 

O beijei e como sempre nossos beijos eram indescritíveis, fomos obrigados a parar devido a falta de ar, ele abriu a porta pra eu entrar, agradeci e entrei logo em seguida ele deu a volta no carro e entrou também, liguei o som e fomos pra Royal encontrar com o restante do pessoal. Nossa entrada foi liberada e subimos pra área vip os meninos já estavam por lá, cumprimentamos todos e pegamos um red pra começar a noite. Eu estava dançando junto com as meninas quando percebi que tinha um cara (lindo diga-se de passagem) que não parava de me olhar, preferi não dar moral pra ele não chegar em mim e depois ter confusão pro meu lado. Em um determinado momento chamei as meninas pra irem ao banheiro comigo mais as mesmas não quiseram entao tive que ir sozinha. O banheiro era mais afastado do pessoal entrei e estava vazio, quando sai senti alguém me puxando pra dento de novo, quando vi quem era levei um susto.

12 de jun de 2013

Nova história...

Ficamos vendo filme ali no quarto dele até que pegamos no sono, acordei de já era 6h levantei bem devagar pra não acordá-lo, deixei um bilhete falando que tinha ido embora porque tinha que trabalhar logo de manhã. Peguei minhas coisas e fui descendo as escadas com calma pra não acordar ninguém.

D. Nadine: Já vai querida. - Levei um baita susto.
Let: Bom dia D. Nadine,  tenho que ir trabalhar agora de manha por isso não posso esperar o Junior.
D. Nadine: Não tenho interesse em saber da sua vida. - Me assustei.
Let: Como?
D. Nadine: Isso mesmo que ouviu, não é segredo pra você que sua presença aqui não me agrada nenhum pouco, mas eu não posso mandar em quem o Juninho se engrace, até porque não tenho tanta certeza que ele vá levar essa história tão longe, afinal ele ainda ama a Bruna, e eles só estão passando por um problema e tenha consciência disso que sempre que houver um problema entre os dois ele vai se refugiar nos seus braços até porque é mais fácil curar a carência com que não se dá ao respeito né.
Let: Nossa D. Nadine eu não obrigo a senhora a gostar de mim mais por favor me respeite porque eu respeito muito a senhora.
D. Nadine: Respeita mesmo? Então porque está saindo da minha casa na ponta dos dedos, escondido pra que ninguém veja você indo embora, como uma qualquer da minha casa? - Eu ia falar mais ela não deixou. - Por favor poupe meus ouvidos em ouvir sua voz e ao sair não bata a porta porque não quero que meu filho veja essa cena desagradável. - Falou subindo as escadas e me deixando sozinha na sala.

Enxuguei algumas lágrimas que teimavam em cair e fiz como ela falou tomei o máximo de cuido pra não fazer barulho, peguei um taxi e fui pra casa, chegando tomei meu banho coloquei a roupa de trabalho e fui embora trabalhar e esquecer tudo que aconteceu. Quando cheguei em casa na hora do almoço o Junior me mandou uma mensagem falando que iria almoçar na minha casa, fiz o almoço e fiquei esperando ele já que o Lucas iria almoçar na rua, a campainha tocou e fui atender, ele me abraçou e me beijou mas sem querer não consegui corresponder a alegria dele.

Junior: Que foi? - Me deu um selinho.
Let: Nada não. - Fechei a porta e levei ele até a cozinha pra irmos almoçar.

Almoçamos em silêncio e eu mal tocava na comida e ele percebeu que tinha algo de errado, ele colocou a mão dele em cima da minha e eu meio que despertei dos meus pensamentos.

Junior: Qual o problema meu amor? Você sempre acaba antes de mim e hoje mal tocou na comida.
Let: Não é nada meu bem só não estou com fome. - Minha barriga roncou e rimos. - É acho que estou sim.
Junior: Fala o que foi.
Let: Nada amor, vou melhorar relaxa.
Junior: Ok, então me fala porque foi embora sem nem falar comigo? Aliás alguém abriu a porta pra você?
Let: Eu tinha que trabalhar gatinho e não queria atrapalhar seu sono já que você tinha treino de manha também.
Junior: E quem abriu a porta?
Let: Sua mãe. - Meus olhos encheram de água e ele percebeu, ficando sério.
Junior: Ta vendo como é facil saber o que houve, minha mãe sempre é a primeira a acordar, sabia que ela tinha feito alguma coisa, fala aí o que foi dessa vez.
Let: Ela não fez nada amor, são coisas do trabalho, nada haver com ela.
Junior: larga de mentir, você não consegue fazer isso comigo.
Let: Eu não to mentindo. - Falei sem olhá-lo e ele ergueu meu queixo.
Junior: Então fala olhando pra mim. - Fiquei em silencio - fala, vai ficar tudo bem.
Let: Já falei que não quero criar discórdia entre você e sua mãe. - Ele abaixou a cabeça e comecei a falar. - Iai Junior eu sou isso pra você, até porque sua mãe é a pessoa que mais te conhece.

Ele levantou da mesa indo levar as vasilhas na pia eu fiquei esperando ele terminar de arrumar as coisas, pegou na minha mão e fomos pra sala, ele sentou na minha frente e começou a falar.

Junior: Minha mãe não tá errada Letícia. - Me espantei. - Terminei com a Bruna não necessariamente pra ficar com você, e sim porque de 10 coisas 7 a gente não combina, não tem liga, mas isso não muda o que eu sinto por você, seus pequenos detalhes me conquistam diferente dela, mas você não é um step pra mim e sim a minha mulher.
Let: Nossa não esperava por essa agora.
Junior: Olha não quero que você sinta-se obrigada a namorar comigo, eu sei que você me ama e eu sei que eu te amo mais que tudo, mas eu não posso mentir pra você a presença dela me abala e só você pode mudar isso.
Let: Espera ai Junior eu não quero ter esse dever de fazer você esquecê-la, quero que você fique comigo por que quer.
Junior: Eu quero minha linda, - passou a mão no meu rosto. - e muito estar com você, se não nem aqui estaria agora, é só você ter um pouco de paciência comigo e também com a minha mãe porque ela tem uma fissura pela Bruna então ela não vai largar do seu pé por agora.
Let: Eu sei disso. - Falei meio triste - mas eu vou conquistá-la. - Ele me puxou pro colo dele.
Junior: Eu sei que vai meu anjo, você é a melhor em fazer isso.

Me aconcheguei naqueles braços e ficamos vendo televisão, até o final da tarde, o Lucas chegou e ficamos nós três conversando até que deu a hora do meu amor ir embora e aproveitei pra ir tomar um banho, jantei, e depois de um tempo fui dormir.

Os dias correram e tudo estava uma maravilha, você estava conseguindo se socializar com a D. Nadine sem ter muitos conflitos, seu namoro estava ótimo, enfim estava tudo correndo bem.

Acordei cedo tomei meu banho me arrumei e fui pra casa do Junior como tínhamos combinado de almoçar juntos, nos encontramos no restaurante e percebi que ele estava mais sério, não estava conversando muito.

Let: Que foi amor? - Falei pegando na mão dele.
Junior: Nada não - silêncio - Você vai querer mais alguma coisa? - Estranhei ele me perguntar isso sempre é ele que gosta de enrolar nos lugares.
Let: Não quero não. - Ele se levantou.
Junior: Então vou pagar a conta e vamos embora, já volto.

Fiquei lá esperando o que não demorou muito, ele pegou na minha mão e quando estávamos saindo tinha algumas pessoas na porta pedindo pra tirar foto com a gente, paramos e atendemos a todos.


Terminado entramos no carro e fomos pra casa dele, não tinha ninguém lá, ele subiu pro quarto dele pra trocar de roupa e eu fiquei na sala assistindo televisão, ele desceu e deitou no sofá colocando a cabeça no meu colo,sempre muito pensativo.

Let: Não vai falar o que aconteceu não?
Junior: Não aconteceu nada meu bem.
Let: Então porque está assim tão sério.
Junior: Só um pouco de dor de cabeça.

Resolvi não perguntar mais e ficamos vendo televisão em silêncio, em um certo momento meu celular começou a tocar e eu fui atender na cozinha. Quando estava falando com o Lucas ouvi a voz da Nadine toda feliz.

1 de jun de 2013

Nova história...

Quando estava lendo lágrimas rolavam pelos meu rosto, eu não acreditava naquilo, aliás não acreditava que aquilo estava acontecendo comigo, não consegui terminar de ler e sai do insta e imediatamente meu celular tocou era a Rafa.

Let: Oi Rafa
Rafa: Cunhadaaaaaaaaaaaaa - Ela riu e eu fiquei sem graça. - Espera você ainda não viu?
Let: Vi, mais não to acreditando até agora.
Rafa: Então acredite porque até jantar pra oficializar o Ju já mandou fazer. - Escutei uma voz ao fundo.
Junior: Larga de ser juma Rafaella. - Pegou o telefone da mão dela. - Iai, gostou?
Let: Não sei ainda se posso acreditar nisso.
Junior: Qual é falei pra geral saber e você não acredita em mim? O que eu preciso fazer então?
Let: Não precisa fazer nada, eu só não esperava mesmo. - Ele riu.
Junior: Então assim tá melhor, te pego as 20h ta bom? Esteja linda como sempre.
Let: Tá bom beijo. - Desligamos.

Peguei meu note e fui até a foto de novo, era uma foto do dia em que ele tinha me pedido em namoro.

@njunior11: Foto do dia 24/02/12, dia em que te pedi em namoro, dia em que quis que você fosse minha mulher. Eu não sei o que sinto quando chego perto de você, meu coração dispara, minha respiração falha, parece que é todos os efeitos que você causou em mim quando nos conhecemos, mas não canso de sentí-los cada vez que você me olha. Seu olhar é como uma flecha que acerta em cheio meu coração que ao invez de doer faz é acelerar quase dando pra ouvir, seu toque é como de um anjo, sua boca é a mais macia, gostosa, que já beijei. Como não ter certeza do que sinto se eu sinto tudo isso e muito mais só com você? Eu não tenho dúvidas é você que eu escolhi pra ser minha, é você que eu escolhi pra ser inteiramente minha NAMORADA!      @letix

Como havia vários comentários desejando boa sorte, falando que eramos lindos juntos, desejando felicidades, resolvi postar outra foto respondendo a dele.

@letix: Eu escolhi te amar, diante de todas as circunstâncias essa foi a minha escolha, diante de todos os seus defeitos essa foi a minha escolha, diante de todos os desafios essa foi a minha escolha. Só posso agradecer a Deus por você estar na minha vida, só Ele sabe o quão bem você me faz,  o quão feliz sua presença me faz. Eu te amo acima de todas as dificuldades que enfrentamos.     @njunior11


Ouvi um barulho vindo la debaixo e concerteza era o Lucas, deixei o note em cima da cama e fui até a sala encontrar com ele.

Let: Lucaaaaaaas. - O abracei.
Lucas: Ai pirralha, eu vi eu sei, parabéns você conseguiu.
Let: To tão feliz mano, via ter jantinha la na casa dele pra oficializar.
Lucas: Pra que você já não namoravam?
Let: Larga de ser chato meu, vou tomar meu banho. - Dei um beijo nele e subi.

Tomei meu banho e vesti um vestidinho lindo.



Ele mandou uma mensagem falando pra eu descer e assim fui, no elevador tirei uma foto pra postar no insta.

@letix: #pariu #jantarnacasadoamor #feliz #namoradodevolta

Entrei no carro e ele me puxou pra um beijo que sinceramente eu não queria encerrar, mas fomos obrigados graças a falta de ar.

Junior: Tá tão linda e cheirosa.
Let: Tudo pra você. - O beijei de novo, encerrei o beijo com um selinho e fiquei séria.
Junior: Qual o problema?
Let: Sua mãe? Agora que ela não vai me aceitar mesmo.
Junior: Deixa que com ela eu me entendo, relaxa.
Let: Não quero criar confusão pra você.
Junior: Não existe confusão deixa que eu falo com ela. - Me deu um selinho e seguimos pra casa dele.


Chegando la a Rafa tava na sala com o Lukinhas no maior amasso e o Junior como sempre ficou fulo da vida.

Junior: Vocês dois larga de safadeza aqui heim? A sala não é lugar pra isso.
Lukinhas: Então bora lá pro quarto amor. 

O Junior olhou com uma cara pra ele que tava rindo então o ele começou a correr atrás do Lukinhas e eu fiquei com a Rafa rindo.

Rafa: Esse Junior nunca aprende.
Let: Também né acho que até o Lucas ia querer socar ele se fosse comigo. - Rimos.
Rafa: Ai Let to tão feliz por você estar de volta. Não via a hora do Juninho terminar com a Bruna pra voltar com você.
Let: Conta pra ninguém não mais eu também tava. - Rimos e os dois chegaram.
Lukinhas: Cuida desse preto aí que ele tá atacado hoje heim. - Passei a mão no rosto do Junior.
Let: Pode deixar que cuido direitinho. - Ele me beijou e a Rafa tacou uma almofada na gente.
Rafa: Sem safadeza lembra? - Mostrei lingua pra ela.

Ficamos lá conversando até que a D. Nadine veio nos chamar pra mesa, sentamos cada um no seu devido lugar e comemos todos em silêncio, o Neymar falou que estava feliz pela gente ter voltado, mas a D. Nadine não falou nada, terminando a sobremesa o Junior me levou pro quarto dele e começou a me beijar com vontade.

Let: Meu Deus apaga o fogo desse garoto. - Sai dos braços dele e sentei na cama. 
Junior: Você não sabe como eu te desejo. - Falou beijando meu pescoço, quase me deixando louca.
Let: Pois é mais viu como sua mãe ficou lá?
Junior: Já falei que falo com ela depois, agora vem cá. - Virou meu rosto e me beijou, desviei o rosto e ele foi beijando meu pescoço.
Let: Amor porque ela não gosta de mim? - Ele me olhou sério.
Junior: Tá de sacanagem que quer falar da minha mãe agora né?
Let: Foi mal bebe mais não to na vibe - Levantei e ele falou pra eu voltar pra lá. - Acho melhor eu ir embora né.
Junior: Não tá cedo ainda, relaxa tem outras noites pra gente aproveitar.
Let: Já sei, bora de foto?
Junior: Tá brincando né? - Fiz com a cabeça que não e peguei o celular dele tirando a foto e postando no insta dele.

@njunior11: "Eu nunca amei como eu te amo, basta em meus olhos você notar." @letix #invasão

30 de mai de 2013

Nova história

Era incrível como era fácil ele me ter nos braços, também é impossível resistir aquele beijo que tanto me alucinava, que tanto eu amava, tentei relutar mais sem chance minha vontade de possuir aquele corpo era maior que minha razão, e podia perceber que essa era a vontade dele também pela forma com que ele me beijava, ferozmente, cheio de tesão, sedução e com leves mordidas.

Let: Para Junior, a gente não pode fazer isso. - Falei entre os vários beijos que ele intercalava entre minha boca e meu pescoço.
Junior: Não pode porque han? - Beijo - Se eu sei que você tá doidinha assim como eu.

Ele começou a tirar minha roupa, peça por peça, parecia que estava tudo sincronizado cada movimento ele me conhecia como ninguém e sabia exatamente como eu gostava que acontecia as coisas. Quando ele tirou minha blusa olhei para aqueles olhos verdes e comecei a empurra-lo em direção a cama, ele foi sem deixar de me beijar, derrubei ele na cama ficando por cima dele, e o beijando com a mesma intensidade que ele havia me beijado. Tirei sua camiseta e ele meu short, quando menos esperava já estava completamente sem roupa, e caiu em mim que não poderia estar fazendo aquilo e começo a vestir minha roupa ele me abraça por trás e começa a beijar meu pescoço daquela forma que me deixava louca, ele tira a roupa das minhas mãos e me vira me beijando assim sem ter forças pra resistir me entreguei completamente à aquele cara que eu mais amo nessa hora. Quando acabamos sentei na cama olhando pra janela e ele ficou passando a mão nas minhas costa dando pequenos beijinhos ainda me fazendo arrepiar. Me levantei e comecei a vestir minha roupa.

Junior: O que tá fazendo?
Let: Isso foi um erro, não poderia ter acontecido.
Junior: Larga de bobagem, volta pra cá. - Falou batendo no colchão, apenas balancei a cabeça como tinha terminado de vestir fui em direção a porta, só deu tempo dele vestir a cueca e me impedi de sair. - Você não vai embora assim, poxa parece que estamos fazendo algo que você não queira.
Let: E não queria Junior, poxa primeiro eu to cansada de sofrer por sua causa e quando penso que me livrei do que sinto por você acontece isso e percebo que ainda sou a mesma idiota.
Junior: Então pronto a gente volta a namorar e você não sofre mais. - Veio pra me beijar e eu esquivei. - Qual o problema agora.
Let: As coisas não são tão simples assim.
Junior: Tá falando da Bruna? Eu termino amanha mesmo com ela só pra voltar pra você.
Let: A questão não é você terminar com ela e sim o que sente por ela, porque se for pra gente voltar quero você inteiro só pra mim e não uma parte aqui comigo e outra com ela e toda vez que ela aparecer você mudar comigo. - Ele ficou calado. - Tá vendo essa noite só serviu pra te deixar mais confuso, afinal você quer as duas né.
Junior: E não pode ser assim, quer dizer ela nem vai ficar sabendo.
Let: Se fuder Neymar, eu não nasci pra ser a outra, se quer uma amante procura em outro lugar. - Sai do quarto sem dar tempo dele me alcançar.

Fui até onde o Carlos estava junto com a Rafa.

Carlos: Nossa como você demorou até a Rafa eu encontrei nesse meio tempo.
Let: Desculpa, me perdi no caminho. Gente eu preciso ir embora, tchau pra vocês.

Dei um beijo na Rafa e quando fui me despedi do Carlos ele me roubou outro beijo, encerrei com um selinho e vi que o Junior estava olhando com uma cara não muito boa, foda-se, não tenho nada com ele mesmo, despedi de novo dos dois e fui embora.

Junior On

Vesti minhas roupas e fui descendo as escadas e vi que a Letícia estava com aquele cara de novo, qual é ela acaba de transar comigo e beija outro cara? Aproveitar que ela foi embora e vou atrás dela, passei pela Rafa e ela me puxou quando olhei pro cara deu uma vontade de socar ele mais me controlei, falei pra ela que ia na casa da Letícia e o cara parece não ter gostado muito da idéia, apenas ri por dentro. Fui embora e quando cheguei no prédio dela como o porteiro ja me conhecia deixou eu subir sem ser anunciado.

Junior Off

Cheguei em casa e fui tomar banho, coloquei uma roupa de dormir e desci pra comer alguma coisa, quando cheguei na sala vi o Junior sentado no sofá e levei o maior susto.

Let: O que você á fazendo aqui? Alias como conseguiu entrar?
Junior: Você ainda continua deixando a porta aberta. Vim aqui só tirar uma questão a limpo. - Olhei sem muita paciência. - Então você transa comigo depois beija outro cara e ainda quer exigir que eu me decida?
Let: Primeiro que eu não to exigindo nada de você, apenas não quero sofrer mais com esses seus repentes de ficar comigo. E o Carlos.
Junior: Esse é o nome do desgraçado.
Let: O Carlos ME beijou de surpresa eu nem esperava por aquilo.
Junior: A claro ele no minimo deve ter aberto sua boca pro beijo acontecer né.
Let: Olha só eu não te devo satisfação nenhuma ta legal agora por favor sai da minha casa. - Senti algumas lágrimas cairem do meu rosto e ele veio até onde eu estava e me abraçou.
Junior: Fiz de novo né? Caramba Leticia você é minha mulher poxa eu morro de ciumes de você. - Me afastei dele.
Let: Eu não sou sua mulher mais Neymar, e não tem motivo pra você ter ciumes diferente de você eu sei muito bem de quem eu gosto. - Ele veio pra me beijar mais eu esquivei. - Mais não sou um consolo pra você, resolvi sua vida e depois me procura.

Abri a porta e ele antes de sair conseguiu me beijar de surpresa, eu não consigo resistir aquele beijo que tanto me completa, o beijo foi se intensificando e quando vi a porta já estava fechada e eu nos braços do meu amado me levando pro andar de cima. Como era evidente não resisti mais uma vez em amar o meu amado, vencidos pelo cansado acabamos dormindo abraçados. Acordei no outro dia com a luz do sol nos meus olhos, olhei pro lado e vi que o Junior ainda dormia todo lindo, levantei e fui tomar meu banho, coloquei uma roupa.

 
Desci pra cozinha encontrando o Lucas fazendo café.

Let: Bom dia. - Dei um beijo nele.
Lucas: Não vi você saindo da festa ontem, o que aconteceu? - Contei o que tinha acontecido. - E ele dormiu aqui depois disso tudo? Como você pode ser tão fácil?
Let: Ei me respeita, fácil é essas vadias que você traz pra cá uma a cada noite.
Lucas: Mais elas sabem que eu não quero nada com elas, já você ainda alimenta uma ilusão que ele prefere você a Bruna, acorda Letícia ele nunca vai deixar de amá-la.
Junior: Nunca diga nunca Lucas. - Falou entrando na cozinha.
Lucas: Foi mal aí Juninho me intrometer na vida de vocês mais se trata da minha irmã e eu já cansei de vê-la sofrer por alguém que não sabe nem quem ele quer.
Junior: Relaxa, se fosse com a Rafa acho que faria até pior, você ainda é mais controlado que eu. Letícia posso falar com você. - Levantei e subi pro quarto com ele. - Então, você tava certa.
Let: Com o que?
Junior: A gente não podia ter ficado junto, só me fez confundir mais ainda. Mais olha quero que saiba que eu te amo muito e... - O interrompi.
Let: Me poupa Neymar, suas palavras não significam nada pra mim, vai lá corre pros braços da sua amada, não sei como mais vou te esquecer.
Junior: Deixa eu terminar de falar? - Deixei - eu to indo pro treino e assim que chegar em casa você vai ficar sabendo com quem eu vou ficar, não é justo fazer isso com VOCÊ, até porque com a Bruna duvido que ela não faça o mesmo comigo. Me desculpa por tudo isso, não quero que você sofra por minha causa. Quando eu tomar minha decisão vai ser pra valer, então talvez.
Let: Essa foi nossa despedida, tudo bem Ney, mas acho melhor você ir logo se não vai se atrasar.

Fomos em silêncio até a porta ele me deu um beijo na testa e foi embora, voltei pra cozinha em silêncio e o Lucas ficou me olhando esperando eu falar, contei tudo e ele ficou tranquilo.

Lucas: Pelo menos ele foi sincero né, maninha escuta o que eu to falando é melhor esquecer ele e partir pra outra.
Let: Tem razão talvez a melhor vida é a sua né que todo dia... - Ele me interrompeu.
Lucas: Porra mulher me deixa , já falei que não vou me apegar tão cedo a uma só mulher.

Ficamos conversando até dá a hora dele ir pra faculdade, aproveitei que hoje não iria trabalhar e fui dar uma corrida na praia e depois pegar um sol tava precisando de uma corzinha. Assim que cheguei em casa meu celular apitou era alguém que tinha me marcado insta, quando vi quem era fiquei surpresa, mas quando vi o que era fiquei mais surpresa ainda.

28 de mai de 2013

Nova história...

Passou uma semana e graças a Deus não sentia aquela dor de antes, acho que aquele baque na casa dele deu pra perceber que ele não era um cara pra mim... Hoje ia ter o aniversário do Gil na casa dele, fiquei sabendo que o Junior estava namorando de novo com aquela menina e tinha ido pro Rio com ela esse fds, então não vi problema de ir na festa do Gil. Me arrumei e parti pra festa com o Lucas.


Chegando lá encontrei com a Rafa e ficamos lá aproveitando a festa a gente dançava, conversava e quando eu olho pro outro lado da pista de dança vi o Lucas já ficando com uma garota lá, comentei com a Rafa e ficamos rindo da situação.

Rafa: Let vou lá em cima pegar um negocio na minha bolsa, me espera aqui?
Let: Sim sim vai lá. - Ela subiu

Enquanto esperava ela peguei uma bebida pra mim e fiquei observando a pista de dança e percebi que tinha um cara muito gato que não parava de me olhar, apenas sorri e ele veio em minha direção.

Xxxx: Não pudi deixar de reparar na moça mais gata dessa festa, posso saber seu nome? - Sorri
Let: Letícia e o seu?
Xxxx: Carlos, muito prazer. - Ele me deu um beijo no canto da boca. - Opa errei a direção - Ri da situação.
Let: Então é amigo do Gil? 

Ficamos lá conversando ele tinha um papo muito interessante a Rafa chegou e apresentei ele pra ela e ficamos nós três lá conversando, quando em um certo momento olho pra porta e vejo quem eu menos esperava chegar, na hora olho pra Rafa e ela fala que não sabia de nada, continuamos onde estávamos. Era inevitável não olhar pra ele e sempre nossos olhares se encontravam ele não estava gostando nenhum pouco de eu estar conversando com o Carlos então resolvi aproveitar ainda mais a noite. Como estava só nós dois conversando chamei ele pra dançar e ele topou, estava tocando forró e fomos dançar, eu ia pro meio da pista mais pra ironia do destino o Carlos me levou pra perto de onde o Junior estava, foi impossível não rir da situação. Dançamos e o Junior não tirava os olhos de mim até que ele resolvi pegar uma menina pra dançar aí que eu não gostei da situação, ficamos lá dançando até que cansei da brincadeira e estava indo sentar com o Carlos quando alguém pega no meu braço e já me vira parando a centímetros da minha boca. Ele tentou me beijar mais eu esquivei, então começou a TOCAR  e começamos a dançar, ele ficava cantando a musica no meu ouvido e sem ele ver o sorriso era inevitável, tentei me soltar dele umas duas vezes mais ele me pressionava ainda mais contra o corpo dele, quando a musica acabou ele me fez olhar pra ele e quando menos esperei ele me roubou um selinho, dei um tapa de leve no ombro dele e sai andando e ele foi ficar com os meninos.

Carlos: O que ele é seu? - Percebi uma pitada de ciumes, mais já? Rs
Let: Meu ex-namorado, acabou tarde. - Falei pegando uma bebida.
Carlos: Ele não tira os olhos de você, certeza disso?
Let: Vem cá tem como mudar de assunto, não quero falar dele.
Carlos: Tudo bem tenho algo melhor pra fazer do que ficar falando e falando. 

Ele tirou a bebida da minha mão colocando em cima da mesa segurou a minha cintura e veio pra me beijar, esquivei no começo mais quando vi que o Junior estava olhando então aceitei ficar com o Carlos. O beijo estava incrível, eu estava com a mão na nuca dele e ele na minha cintura, encerramos o beijo com um selinho, e percebi que o Junior não estava mais lá.

Carlos: Procurando alguém? - Percebi que dei rata.
Let: A Rafa ela sumiu né? Me espera aqui? Vou procurá-la. - Dei um selinho nele e sai.

Encontrei com o Gustavo e perguntei se ele sabia da Rafa, no começo ele não sabia mais depois parece que mudou de opinião e falou que ela tinha subido, então subi e comecei a chamar pelo nome dela. Chego na porta do quarto do Gil e ouço alguém falar no telefone, sem querer entro no quarto e vejo que é o Junior.

Junior: Cara eu te falei que não ia passar o fds com você. - Silêncio - Sim to na festa do Gil porque? - Silêncio - Que?? Ela nem tá aqui Bruna - Ele vira e me vê parada olhando pra ele e engole seco - É então eu vou desligar preciso fazer um negócio aqui, falou. - Nem deixou ela responder e logo em seguida desligou o telefone dele. - Muito tempo aí?
Let: Não, quer dizer to procurando a Rafa você viu? - Ele balançou a cabeça que não e eu ia siando quando ele se enfiou na minha frente e trancou a porta. - Ei tá fazendo o que?
Junior: Não quero ver você perto daquele cara, porque você ficou com ele? Nem gosta dele.
Let: E desde quando você sabe de quem eu gosto ou não Ney? Me poupe né da licença. - Ele não deu e me levou até a cama. - Me solta Neymar.
Junior: Você não vai sair daqui.
Let: Como?
Junior: É isso mesmo, já que vai ficar de safadeza com aquele cara vai ficar aqui comigo.
Let: Melhor ficar com um leão do que ficar aqui com você.
Junior: Não fala assim que me magoa poxa - Ele sorriu e eu fiquei séria.
Let: Porque eu tenho que pensar antes de te magoar e você nem lembrar de mim não lembra.
Junior: Caramba chega disso Letícia é passado.
Let: Se eu sou um passado pra você então porque se incomoda tanto de me ver ficando com outro cara.
Junior: Porque, ai não importa, só não quero e pronto.
Let: Você não manda em mim e nem em quem eu fico. - Ele virou nervoso.
Junior: Quer saber, quer ir lá transar com esse cara vai to pouco me importando agora te falo pra nunca mais olhar na minha cara.
Let: Vai ser com muito prazer pode ter certeza. - Peguei a chave no chão e sai do quarto segurando as lágrimas.

Fechei a porta e encostei na parede deixando algumas rolarem pelo meu rosto, estava indo embora quando ele pega no meu braço me puxando pra dentro do quarto de novo, tento sair mais ele não deixa e começa a me beijar.

24 de mai de 2013

#Elachegou

Você: Desejo de ter nosso filho aqui nos meus braços logo. - Sorri e ele riu
Neymar: Ora mais isso até eu desejo. Que tal jantar hoje?
Você: Só se for em casa, porque to cansadinha já.
Neymar: Lá em casa pode ser? Você se arruma e eu te busca na sua umas 20h.
Você: Sim pode ser. - Chegou na frente do seu prédio. - Te amo beijo.

Nos despedimos e ele foi embora resolver alguns problemas pendentes, subi pro apartamento e como ainda era 17h resolvi assistir um filminho, como estava muito cansada acabei pegando no sono ali mesmo no sofá. Acordei assustada quando vi o relógio já era 18:30 levantei e fui me arrumar se não era capaz de me atrasar, tomei banho, passei meu creme sequei o cabelo deixando enrolado nas pontas coloquei uma roupinha simples.


Quando terminei de arrumar recebi uma mensagem do Neymar falando pra eu descer, entrei no carro e dei um selinho nele e colocamos uma música pra ir escutando no caminho. Chegando lá tava todo mundo em casa, a Rafa, D. Nadine e S. Neymar, cumprimentei a todos e sentamos na sala conversando, depois de um tempo a janta ficou pronta e fomos pra mesa.

Neymar: Amor tenho uma novidade pra te contar.
Você: O que é? - Olhei pra todos que estavam sorrindo pra mim.
Neymar: Desde semana passada tava a procura de uma casa só nossa e ontem eu achei uma que é exatamente o que nós queremos.
Você: Sério amor?? - Falei entusiasmada. - Onde é? 
Neymar: Aqui perto mesmo, mais to fazendo uma reforma nela pra deixar com a nossa cara, você só vai ver depois de pronta.
Você: Pow sacanagem heim?!
Neymar: Surpresa isso sim.

Comemos a sobremesa e depois eu mais o Neymar subimos pro quarto dele, ficamos vendo filme até que vejo ele pegando no sono. Coloco ele no meu colo e fico passando a mão na cabeça dele até realmente ele dormir, a Rafa entrou toda descontrolada no quarto e falei pra ela fazer silêncio, coloquei o Neymar na cama e fui pro quarto dela.

Você: Desse jeito você acaba acordando ele oras.
Rafa: Foi mal mais eu e as meninas estamos planejando sua despedida de solteira, com vários gatos.
Você: De gato só quero o meu. - Rimos. - Rafa está em suas mãos mais não me faça arrepender depois heim. - O Neymar entra no quarto.
Neymar: Muleca roubando minha mulher pra falar de despedida de solteira? Pode tirar o cavalo da chuva essa aqui não vai ter isso não. - Rimos.
Rafa: Qual é Juninho qual a graça de casar e não ter uma despedida...
Neymar: A graça é casar com o cara mais gato de Santos. - Rimos - Tá bom ta bom pode rolar a festa mais se eu souber de um cara nessa festa já era casamento. E eu to falando sério. - Ele olhou pra mim - To te esperando no quarto. - Saiu do quarto
Você: Então quando vai ser?
Rafa: Amanha a noite, já avisei as meninas e relaxa que não vai ter homem não - Rimos - É melhor você ir lá se não aí sim já era casamento. - Concordei e fui até o outro quarto.

O Neymar tava tomando banho e eu estava pegando umas balas quando viro vejo ele parado atrás de mim sem toalha, como em um impulso tampo os meus olhos.


Neymar: Como se nunca tivesse visto né gata. 
Você: Isso não quer dizer que eu precise ver você assim né, passa a toalha aí por favor. - Joguei a toalha nele, se enrolou e me abraçou por trás me molhando toda. - Me solta você tá molhado.
Neymar: To outras coisas também. - Começou a beijar o meu pescoço e eu o empurrei de leve fazendo ele me soltar. - Sem graça você depois reclama quando eu recusar também.
Você: É mais agora eu preciso ir embora.
Neymar: Dormi aqui poxa, amanha eu tenho concentra cedo não dá pra ir pra lá.
Você: Não dá amor, a Linda via chegar amanhã cedo e eu quero estar lá pra receber ela.
Neymar: Tá bom, ta bom, você tem sorte que tem um bom argumento se não te sequestrava essa noite toda só pra mim. - Sorriu e me beijou. 

Desci e fiquei esperando ele na sala com os pais dele, quando ele estava pronto me despedi de todos e fomos pro carro, ele me deixou em casa e chegando, passei uma água no corpo e fui dormir, estava cansada. O dia amanheceu e ouvi um barulho vindo lá de baixo, vesti meu roupão e desci na ponta do pé, até que vejo a Linda saindo da cozinha.

Você: Só podia ser mesmo, a ladra da cozinha. - Ela riu
Linda: Poxa amiga viajar me dá fome. - A abracei e que saudade daquele abraço.
Você: Que bom que tá aqui comigo.
Linda: E essa barrigona como anda?
Você: Crescendo a cada dia... - tiramos uma foto pra postar no isnta.

@Nome_Linda: Madrinha chegou pra cuidar de você bebe. 

23 de mai de 2013

Nova história...

Quer saber, cansei de ficar aqui chorando vou fazer alguma coisa pra tentar esquecer isso tudo e fazer essa dor aqui dentro parar. Resolvi ir na casa de uma amiga já que ela não gostava do Junior nem iria tocar no nome dele. Assim aconteceu, até consegui me divertir um pouco acho que ela percebeu que eu não estava muito bem mais preferiu não perguntar o porque, fiquei lá até a hora do almoço, depois voltei pra casa chegando lá percebi que estava sozinha, o Lucas já deve ter ido pra faculdade, subi pro meu quarto e fui ficar um pouco na internet e a primeira coisa que eu vi foi uma atualização no insta do Neymar.

@Njr92: "Quando eu te conheci minha vida mudou pra melhor, eu voltei a sorrir, não sei o que eu fiz pra merecer tanto carinho assim. Se hoje estou feliz é porque você está perto de mim. Não dá pra disfarçar e quem olhar vai perceber que eu sou seu e de mais ninguém. Te amo tanto e sinto que me ama também." @Letix   

Todo mundo começou a comentar falando que era lindo ver nós dois juntos, que formamos um belo casal, que torcia pra tudo dar certo, enfim  eram vários comentários que no fundo te machucavam ainda mais, então resolvi postar uma foto retribuindo.


@Letix: "Te amo como nunca amei ninguém, te quero como nunca quis um dia alguém, você mudou a minha história." #Fim

TEMPOS DEPOIS

O tempo passou e o Junior estava ficando com uma mina aí amiga da Rafa, ainda bem que nem conheço se não já era. Eu tenho levado a vida como dá ainda dói não ter quem se ama do seu lado, ele ainda me liga mais prefiro não atender pra não ouvir aquela voz linda e gostosa. Agora estou me arrumando pra ir pro serviço e meu celular começou a tocar era ele de novo não atendi então recebi uma mensagem do mesmo.

De: Junior

"Amiga, sou eu a Rafa meu celular tá pifado atendi aí preciso falar com você."

Logo em seguida voltou a ligar, peguei o celular ainda meu receiosa pensando se ela não estaria mentindo, quando foi no último toque eu atendi.

Let: Alo?
Rafa: Nossa pensei que não fosse atender de novo, alias porque não atende as ligações do Juninho?
Let: Complicado ouvir a voz dele, mais fala aí o que tanto queres comigo.
Rafa: Então vem dormir aqui em casa hoje?
Let: Sem chance Rafa desculpa, fora de cogitação encontrar com seu irmão.
Rafa: Posso falar, - Fiz silêncio - ele não vai estar aqui, vai pro Guaru com aquela mina nojenta dele e eu vou ficar sozinha aqui em casa.
Let: Isso tá me cheirando a cilada.
Rafa: Confia em mim pow, não vou te colocar em fria.
Let: Tá bom então, lá pelas 19h eu colo aí.

Desligamos, peguei minhas coisas e fui pro serviço.

Junior On

Rafa: Pronto Juninho ela vem as 19h ela vai ficar mega grilada comigo e a culpa é sua.
Junior: Eu sei pretinha mais vai dar certo, planejei tudo nos mínimos detalhes, até se der errado já sei como reverter.
Rafa: Tomara mesmo que dê certo, to indo pro Rio, beijo. - Se despediu e saiu.

Agora é só esperar a minha gatinha chegar e torcer pra tudo dar certo, e vai dar. Quando deu 18h fui tomar meu banho, me arrumei coloquei o perfume que ela tanto ama, e desci estava tudo pronto e a ansiedade já tomava conta de mim.

Junior Off

Lucas: Certeza que você vai? Isso tá me cheirando a plano dele.
Let: Pra mim também mais se for eu vou ficar pra ver o que ele quer, sei lá preciso saber o que ele tem pra dizer.
Lucas: Só cuidado pra não se machucar mais viu.
Let: Pode deixar.

Me despedi dele e fui pra casa da Rafa, tinha uma MUSICA alta e eu sabia que musica era aquela, era a do primeiro beijo meu e do Junior, sabia que eles tinham armado isso pra mim, meus olhos começaram a lacrimejar mais engoli o choro. A porta estava aberta então abri e entrei, estava tudo escuro e o medo de acender, liguei as luzes e tinha um buquê de flores lindo na mesa com um bilhete.

"Tudo começou na brincadeira e depois se transformou numa coisa linda e verdadeira e a gente não se toco, que mesmo sem querer ou por querer, aconteceu depois daquele beijo a gente não se esqueceu..." Te espero na piscina.

As lágrimas já desciam e aquilo tava doendo mais preferi continuar, quando cheguei na piscina tinha um urso de pelúcia com uma caixa de bombom do meu preferido e outro bilhete.

"Eu to te ligando, to tentando te encontrar, deixei mensagens no e-mail, celular, pra te dizer, que sem você não dá pra ficar. "

Quando tinha acabado de ler senti aquele perfume que eu tanto amo e uma respiração no meu pescoço.

Junior: Eu te amo! 

Me virei devagar e sem nem esperar eu falar qualquer coisa ele me beijou, como estava com saudade daquele beijo, daquelas mãos me envolvendo, de tocar naquele rosto tão lindo, de ter aquele corpo já pra mim, fomos encerrando o beijo com pequenos selinhos devido a bendita falta de ar. Ele sorriu assim me roubando um sorriso em meio as lágrimas que ele prontamente já tinha secado.

Let: Porque você fez isso tudo?
Junior: Não gostou? - Fez cara triste.
Let: Tá doendo ver tudo isso - Voltei a chorar e o mesmo me abraçou forte. - Por favor Junior. - Me afastei dele.
Junior: Que foi? Poxa olha só eu sei que eu errei e errei feio com você, a pessoa que eu mais amo nessa vida. - O interrompi.
Let: Não Junior você ama a Bruna porque você não consegue esquece-la.
Junior: Você não me deixa esquecer Letícia, toda hora, Bruna isso Bruna aquilo, poxa meu.
Let: Agora a culpa é minha de você ter me traído? Se liga Neymar Junior. - Comecei a andar rumo a porta e ele me puxou me abraçando por tras e falando bem perto do meu ouvido.
Junior: Vamos parar com isso eu não quero brigar, quero ficar numa boa só eu e você. 

Ele me virou e mesmo que eu tentasse fugir também queria ficar ali abraçadinha com o amor da minha vida. Ele me beijou de novo me levando rumo ao sofá, quando nós menos esperávamos caimos no sofá e começamos a rir, ele passou a mão no meu rosto e falou bem baixinho só pra eu ouvir.

Junior: Eu te amo - Pegou minha mão e colocou no peito dele. - Ele é todo seu. - Apenas sorri e o beijei já levantando a blusa dele.


O beijo foi se intensificando e ele intercalava entre minha boca e meu pescoço, ele tirou minha blusa e eu a dele, ele ia descendo o beijo até o meu busto até que...

D. Nadine: JUNINHO!!! - Demos um pulo do sofá, eu caçando minha blusa e ele indo até a mãe dele. - O que é essa safadeza na minha sala?
Junior: Mãe o que a senhora tá fazendo aqui? Não ia pra São Paulo. - Vesti minha blusa e comecei a pegar minhas coisas. 
D. Nadine: Fui e já trouxe uma pessoa muito melhor pra você. - A Bruna entrou no apartamento.
Bruna: Oi meu amor que saudade. - Já entrou beijando ele.

PQP essa menina de novo, depois de um bom tempo ela encerrou o beijo e olhou pra mim.

Bruna: Como vai querida! - Sorriu sínica e o Junior enfim percebeu que eu ainda estava lá.
Junior: Letícia. - Passei por todos sem nem ao menos olhar pra eles. - Letícia espera. - Segurou meu braço e eu chamei o elevador. - Espera por favor vamos conversar.
Let: Eu vi o tanto que você quer conversar Neymar, quer saber foi um erro vir até aqui, eu não sou um objeto que você usa quando tá carente não Neymar, passar muito bem com a seu "amor". - O elevador chegou e eu entrei e fui embora pra casa.